Temer leva comitiva de 27 países para jantar em churrascaria

O presidente Michel Temer convidou representantes de 27 países jantar em uma churracaria

Estavam presentes ministros do governo brasileiro, embaixadores, puxa-sacos, enfim, uma turma bem grande.

A intenção principal do governo era afastar o ‘fantasma da carne podre’, descoberto recentemente por uma mega operação da Polícia Federal.

Tudo estaria dentro dos conformes se não fosse um detalhe curioso revelado pelos funcionários do restaurante:

“A carne de vaca servida no local era originária da Argentina, do Uruguai e da Austrália”

O presidente comeu carne bovina e frango e ‘lascou’ uma caipirinha para o peito!

No encerramento do jantar, Michel posou para fotos e falou rapidamente com a imprensa.

Ele alegou que não há motivos para causar “pânico” no exterior com relação à carne brasileira e ressaltou que os fiscais sanitários envolvidos em tramoias representam uma parte minúscula dos mais de doze mil servidores do Ministério da Agricultura.

No final da noite, a Secretaria de Comunicação da Presidência enviou uma nota à imprensa para desmentir os garçons:

“Todas as carnes servidas hoje ao presidente Michel Temer e aos convidados na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira”

publicidade