Temer: “Eles quebraram a Petrobras, a Eletrobras e os Correios”

elesquebraram

Em entrevista para a Folha, o presidente interino Michel Temer fez uma avaliação de seu primeiro mês de governo

“É uma guerra, tem sido uma guerra. Apesar de todas as turbulências, críticas e pressões, foi um mês de sucesso”, afirmou.

publicidade

O presidente demonstrou confiança em sua permanência e disse que nem mesmo as ameaças de senadores que querem mudar de lado e votar contra o impeachment abalam a sua crença de permanecer no poder até 2018.

Temer citou o que considera como a maior surpresa negativa nesses 30 dias de Planalto:

“Foi surpreendente, de forma negativa, o que encontramos aqui. As contas muito piores do imaginávamos, a Petrobras quebrada, os Correios quebrados, a Eletrobras quebrada. E eles ainda ficam numa campanha agressiva contra mim”, desabafou.

publicidade