Diário do Brasil

Temer é citado em nova delação da Odebrecht. Planalto nega e joga a bomba no colo de Cunha

temerveja600

O empresário Márcio Faria da Silva (executivo da Odebrecht) confirmou à PGR fez um repasse de recursos a pedido do presidente Temer e de Eduardo Cunha.

A informação é da Veja.

De acordo com a delação premiada de Márcio, a liberação do dinheiro estava vinculado à execução de contratos da Odebrecht com a Petrobras.

Michel Temer recebeu o executivo em seu escritório em SP para uma conversa, da qual Eduardo Cunha estava presente.

João Augusto Henriques, lobista e coletor de propinas para o PMDB também participou do encontro.

O Planalto confirmou o encontro e disse que Eduardo Cunha pediu o encontro a Temer.

A assessoria do presidente disse que a reunião durou vinte minutos, porém questões financeiras não foram discutidas.

A bomba foi jogada no colo de Eduardo Cunha:

“Se depois da conversa do empresário Eduardo Cunha realizou qualquer acerto ou negociou valores, a responsabilidade é do próprio Eduardo Cunha”, respondeu a assessoria do presidente.

Márcio é apenas o segundo delator de 77 que fecharam acordo com a PGR.

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!