Temendo uma terceira guerra com ataques nucleares, Rússia projeta avião para o “JUÍZO FINAL”

ii80

A preocupação dos russos com uma terceira guerra mundial e o consequente “fim do mundo” é tanta que o país decidiu desenvolver uma nova aeronave de controle aéreo avançado, que seria utilizada no caso da infraestrutura terrestre ser destruída por uma futura guerra nuclear.

publicidade

(Patrícia Carvalho para o Diário do Brasil com informações do portal Airway)

A nova aeronave russa será desenvolvida pela empresa estatal Poliot e será a terceira geração desse modelo de aeronave desenvolvida no país.

O fornecedor ainda não revelou detalhes sobre o projeto, que será iniciado em 2016. A única pista revelada foi que o avião terá sua capacidade de sobrevivência totalmente reestruturada, o que deverá incluir maior autonomia em tempo de voo e equipamentos de comunicação ultrmodernos.

As novas aeronaves deverão substituir os quatro modelos Ilyushin Il-80 da Força Aérea da Rússia, atualmente são empregados nessa função, embora nunca tenha ocorrido o “apocalipse” para o qual foram concebidos.

Nos EUA, essas aeronaves são chamados de “aviões do juízo final”. Sem necessidade de uma base terrestre, essas aeronaves podem ser convertidas em bases políticas e militares, enviando comandos para tropas na superfície.

Na terra do Tio Sam, o modelo de aeronave utilizada é o Boeing E-4B Nightwatch, que é uma versão militar do 747 com uma série de sensores e equipamentos de comunicação via satélite.

O modelo americano tem autonomia de voo uma semana e pode ser reabastecido durante o voo. A aeronave de controle aéreo norte-americana também tem proteções especiais para lidar com os efeitos de uma explosão nuclear.

publicidade