Senador é acusado de violência doméstica e se defende: “Ela é louca, passou sangue em mim”

O senador Lasier Martins (PSD/RS) parece que entrou numa encrenca daquelas

Acusado de agressão pela esposa, o político nega as acusações e chama a jornalista Janice Santos de ‘louca’.

Na última terça-feira, Janice (38 anos) prestou queixa na Delegacia Especial da Mulher (em Brasília) com algumas lesões aparentes no corpo.

Ela passou pelo IML onde fez exame de corpo de delito e declarou que não foi a primeira vez que as agressões aconteceram.

O senador está sendo acusado de lesão corporal e injúria.

O outro lado

Lasier (74 anos) contesta a queixa e diz que “reagiu para se defender”.

Segundo o senador, a esposa o agrediu com um objeto de metal e depois ela própria se feriu com a intenção de ‘forjar’ a situação:

“Ela partiu para cima de mim […] apenas reagi sem agredi-la […]  ela se cortou e depois passou sangue em mim. É louca”
disse.

Na delegacia

Em processo de separação há cinco anos, a jornalista compareceu na delegacia junto com sua ‘secretária do lar’ para servir de testemunha, já que ela presenciou toda a briga.

A esposa também alegou que não foi a primeira agressão sofrida e nas outras brigas decidiu não comunicar a a polícia:

“É um homem violento e agressivo. Sempre fui xingada e humilhada. Ele me chamava de burra […] falava que eu não entendia nada de política […] além de me xingar de chantagista e paranoica”

Na denúncia, a jornalista também conta que, em outra ocasião, após passar por uma cirurgia na barriga, o senador a teria chutado a região operada.


(As informações são do Correio Brasiliense)

publicidade


error: Conteúdo protegido !!