Secretário de Segurança Pública de SP vai afastar policial que emitiu ‘alerta de ataque’ do PCC

Mágino Alves, Secretário de Segurança Pública de São Paulo, disse que irá afastar o investigador de polícia que emitiu um alerta sobre um possível ataque do PCC no estado de São Paulo

No último dia 13, a delegacia de Araraquara, interior de SP, emitiu um alerta para todos os policiais do estado sobre um possível ataque do PCC no dia 17 de janeiro.

Parte do texto dizia:

“Para conhecimento e providências, chegou neste Centro de Inteligência que membros do PCC dão conta de que armas de fogo foram distribuídas aos integrantes da facção para possíveis ataques. Há informações de que no próximo dia 17 o comando da organização criminosa ordenará vários ataques em locais distintos, onde cada um terá que agir”.

O Secretário confirmou que o documento é verdadeiro, porém as informações são equivocadas.

“Ele será afastado por falta de “aptidão para o cargo” e ocupará outra função na Polícia Civil” disse Mágino.

Alves destacou que não há “nenhum fato que justifique o temor provocado por este alerta”

(as informações são do Estado e da Veja)

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!