Criador do jogo da baleia azul foi preso na Rússia

O jogo da Baleia Azul é um fenômeno virtual surgido em uma rede social da Rússia

Trata-se de um tipo de ‘competição’ com tarefas a serem cumpridas durante 50 dias.

As “missões” são orientadas por um ‘tutor virtual’ que verifica se o participante obteve pontuações necessárias para alcançar seus objetivos.

Entre essas ‘tarefas’ estão : assistir filmes de terror, acordar de madrugada, fazer desenhos de baleias, se mutilar (cortar) e escrever a sigla “F57,  cultivar inimigos no mundo real, usar agulhas para se ferir, subir em pontes, etc…

Cada desafio deve ser enviado ao tal do ‘tutor’ após ser concluído.

A última missão da lista é tirar a própria vida.


O SUSPEITO

O jornal russo Novaya Gazeta publicou em 2016:

“Contamos 130 suicídios de crianças que ocorreram entre novembro de 2015 a abril de 2016.”

Após a prisão de um suspeito, houve uma redução nos casos, mas agora surge um novo surto entre os adolescentes, que são os mais vulneráveis através das redes sociais.

“Quase todas essas crianças eram membros dos mesmos grupos na Internet e viviam em famílias boas … eles eram felizes antes de conhecer o jogo” informou o jornal.

Em novembro de 2016, um cabeleireiro chamado Philipp Budeikin, de 21 anos, foi detido e acusado de organizar oito grupos (que promovem o suicídio) entre 2013 e 2016 .

“Ele conhece bem a psicologia, convence as meninas de que são gordas, dizem aos rapazes que são perdedores neste mundo […] diz que há outro mundo e eles estarão entre os escolhidos”. publicou o jornal investigativo.

Até o presente momento, Budeikin é acusado pela morte de 15 adolescentes que cometeram suicídio […] outros cinco foram resgatados no último momento e servirão como testemunhas de acusação contra o cabeleireiro.

O rapaz confessou que usava as redes sociais para influenciar crianças, através do conhecimento de seus hábitos e ‘paixões’, usando a língua e a cultura das vítimas.

Suspeita-se que ele tenha formado uma espécie de grupo de missionários, que deram continuidade ao seu trabalho.

Um relatório sobre interno do serviço secreto russo (FSB – Russian Federal Security Service) chefiado pelo próprio presidente (Vladimir Putin) indicou que o problema de iludir crianças menores de idade através da internet é algo muito sério e perigoso.

O número de suicídios na Rússia é algo alarmante:

A agência estatística russa Rosstat informou que, somente em 2015, foram 24.982 casos.

Em 2014 o número foi 6,2% maior do que em 2015.

Álcool, depressão e péssima qualidade de vida são as principais causas que fizeram as pessoas tirarem as próprias vidas.



publicidade


error: Conteúdo protegido !!