Rússia restaura abrigos de mísseis nucleares. É o último sinal de que Putin está se preparando para a Terceira Guerra Mundial

russiareativa
russiareuters

Bunkers desativados durante a Guerra Fria foram reativados por Vladimir Putin

Até recentemente, os abrigos de mísseis ao longo da costa do sul de Crimeia eram apenas um destino para turistas

Os antigos bunkers soviéticos desintegrados e abandonados, que serviram durante a Guerra Fria, estão voltando a ativa.

publicidade

Placas colocadas em torno do local advertem visitantes que eles estão prestes a entrar em uma “zona proibida do Ministério da Defesa da Rússia”.

Um morador de uma vila próxima disse:

“Os soldados russos reocuparam o local e bloquearam as  estradas de acesso à área. É uma base militar funcional com um sistema de mísseis anti-navio, afirmou.

Os bunkers são apenas uma pequena parte de um novo programa russo para militarizar a península da Criméia.

A Crimeia fica no extremo sul de uma linha de instalações militares russas e se estende ao norte em um arco através da Rússia ocidental.

Moscou já reativou várias instalações construídas pelos soviéticos na região, além de construir novas bases e realocar mais soldados.

publicidade