Rumo ao tetra? Governo Temer poderá ter a quarta baixa. Geddel também foi citado em delação

TITANICTEMER

Geddel Vieira Lima, ministro da Secretaria de Governo foi citado na delação de Fábio Cleto

A delação do ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto já foi homologada pelo ministro do STF Teori Zavascki.

publicidade

Temer corre o risco de ter a quarta baixa com apenas 40 dias de governo.

Fávio Cleto era responsável pela liberação de recursos do Fundo de Investimento do FGTS e vice-presidente de Loterias da Caixa.

Em sua delação, Fábio já complicou Eduardo Cunha e delatou contou que o peemedebista recebeu propina de 12 empreiteiras em troca da liberação de recursos para projetos de infraestrutura.

Com relação a Geddel, Cleto disse que o ministro recebeu propina da OAS para sua campanha ao Senado em 2014.

QUEM JÁ ABANDONOU O NAVIO?

Henrique Eduardo Alves foi o terceiro ministro do novo governo a deixar o cargo. O pedido de demissão foi feito hoje 16/06.

Fabiano Silveira, ministro da Transparência também pediu demissão no dia 30/05.

O primeiro foi o senador Romero Jucá, que entregou o cargo de ministro do Planejamento em 23/5.

Os três foram citados em áudios de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro.

publicidade