Diário do Brasil

Renan: “O ex-deputado preso está chantageando Temer. Ele manda no governo de dentro da cadeia”

O senador Renan Calheiros sugeriu que Michel Temer está sendo chantageado por Eduardo Cunha

O ex-presidente do senado fez críticas ao Planalto após aliados de Cunha serem nomeados para cargos.

Renan alegou que Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mesmo preso, continua atuando diretamente nas decisões do presidente da república.

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS) foi acusado de ser o ‘porta-voz ‘ de Cunha no Planalto.

As nomeações que Renan se refere são:

Osmar Serraglio (PMDB-PR) como novo ministro da Justiça

André Moura (PSC-SE) como líder do governo no Congresso

Aguinaldo Ribeiro Ribeiro (PP-PB) para líder do governo na Câmara.

O senador disse que os três políticos sempre foram aliados de Cunha na Câmara dos Deputados.

“O governo está sendo alvo de disputa entre tucanos e o grupo do deputado preso” disse,

Para encerrar o bombardeio a Michel Temer, o ex-presidente do senado informou que Eduardo Cunha luta para emplacar seu ex-advogado e amigo pessoal (que hoje ocupa o cargo de subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil) para o lugar de Eliseu Padilha.

Padilha está temporariamente afastado por recomendação médica (é o que dizem) e ocupa hoje o cargo de Ministro Chefe da Casa Civil.

Renan disse que conversou com Moreira Franco:

“Fala para o Padilha para voltar logo senão o Eduardo Cunha senta lá na cadeira dele o Gustavo Rocha. Ele tem que voltar logo”, relatou.

Segundo Renan, a intromissão de Cunha no governo começou a avançar após o deputado Carlos Marun visitar Cunha na cadeia, em Curitiba.

(informações do Congresso em Foco)

 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!