Renan coloca urgência em projeto que autoriza aumento de salário para STF: “É um escárnio, um desprezo”

ferraçoescarnio

O presidente do senado Renan Calheiros resolveu votar, em regime de urgência, o aumento do STF

Mesmo com crise financeira e do rombo nas contas do governo, o Senado poderá aprovar um aumento de 16,38% para os ministros do Supremo Tribunal Federal.

publicidade

Caso seja aprovado, o salário dos ministros passará de R$ 33,7 mil para R$ 36,7 mil. O texto estabelece também que, a partir de janeiro de 2017 o valor passará para R$ 39,2 mil.

O relator Ricardo Ferraço (PSDB/ES) não gostou nadinha da idéia e soltou:

“É um equívoco, um absurdo atrás do outro. É por isso que o país mergulhou nessa crise. Qual a urgência de um projeto desses? Aumentar o teto do salário dos ministros do Supremo é um escárnio, um desprezo para com a realidade do povo brasileiro.”

publicidade