Relatório da PF: “Pimentel é o coordenador de uma organização criminosa”

pimenteldilmaer

Segundo informações de relatórios da PF, o governador de Minas, Fernando Pimentel (PT) é um dos chefes da ORCRIM ***

Relatório da operação da Acrônimo, publicado na revista Época, mostra que Pimentel é acusado de ter recebido 1 milhão de reais em propinas.

publicidade

A reportagem esclarece que o dinheiro [ou seja, a propina] foi pago pelo frupo CAOA em troca de vantagens fiscais junto ao ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio de Dilma Rousseff.

Trecho do relatório da PF:

“Tal organização criminosa é coordenada e integrada por Fernando Pimentel que, em razão de seu cargo, facilitou a atuação de outros integrantes do grupo criminoso, ora usando sua influência política junto ao MDIC para favorecer a atender aos interesses do grupo.”

*** organização criminosa ***

publicidade