Diário do Brasil

Qual o problema em quebrar uma estátua em Portugal? Os portugueses mataram nossos índios e roubaram nossas riquezas

Uma notícia que está rodando o mundo hoje (07) fala sobre um brasileiro que destruiu uma estátua de 300 anos em Portugal

(Paulo Agostinho para o Diário do Brasil)

A mídia está massacrando o rapaz que tentou tirar uma selfie com o objeto barroco e acabou se estabacando no chão junto com a estátua.

É óbvio que esse rapaz não tinha a menor intenção de provocar esse tipo de acidente.

Além do mais, temos um ‘crédito extra’ com Portugal.

Vamos voltar um pouco no tempo […]

A colonização portuguesa teve como características a submissão e o extermínio de milhões de indígenas em terras brasileiras.

A Coroa portuguesa tinha como principais objetivos a expansão comercial e a busca de produtos para comercializar na Europa, ou seja, roubar nossas riquezas.

Em 1500, os primeiros portugueses que desembarcaram na América tomaram posse das terras.

Em seguida, tiveram os primeiros contatos com os indígenas, que eles chamavam de “selvagens”.

Resumindo, o processo de colonização portuguesa foi um processo de extermínio e submissão dos indígenas – tanto por meio dos conflitos com os portugueses quanto pelas doenças trazidas por eles ( gripe, a tuberculose e a sífilis).

O Brasileiro tem que parar de ser frouxo e defender seu próprio povo!

publicidade


error: Conteúdo protegido !!