Putin aumenta o tom de voz com os EUA: “Se vocês querem um confronto, terão um!”


A Rússia estaria se preparando para um “confronto mundial”

O governo de Wladimir Putin ordenou que funcionários e familiares que trabalham no exterior retornem para seu país.

O analista Stanislav Belkovsky, do Daily Star, afirmou que “tudo faz parte de um pacote de medidas destinadas a preparar o povo para um grande confronto”. 

O ex-líder soviético Mikhail Gorbachev (86 anos) alertou que o mundo está passando por uma”situação perigosa” devido ao aumento das tensões entre a Rússia e os Estados Unidos, apotando um “colapso da confiança mútua” entre os dois países.

Gorbachev advertiu que é necessário renovar ‘urgentemente’ o diálogo:

“Parar foi o maior erro. Temos que focar nas principais prioridades, como o desarmamento nuclear, combate ao terrorismo e prevenção de desastres ambientais“,  disse o ex-presidente soviético.

Russos e americanos têm divergido sobre a política na Síria e Ucrânia, além de outros assuntos como as sanções contra a Coreia do Norte:

“Querem criar uma histeria para distrair o povo americano” declarou o governo russo.


publicidade