Presidente em exercício disse estar sendo vítima de ‘Bullying’

temerodo

Presidente em exercício se queixou de agressões psicológicas

Ora bolas Presidente! O senhor achou que assumiria a presidência e tudo seria um mar de flores?

publicidade

Quem está na chuva é pra se molhar pô! Não sabe brincar, não desce pro playground!

Parte do pronunciamento do presidente interino Michel Temer hoje (24) no Palácio do Planalto:

“A interinidade não significa que o país tenha que parar. Não podemos ficar paralisados. Sou uma consequência da Constituição, não eu, pessoalmente, mas o vice-presidente. Por isso quero refutar aqueles que a todo instante pretendem dizer que houve uma ruptura constitucional. Quero deixar isso muito claro, porque temos sido vítimas de agressões psicológicas, para ver se amedrontam o governo. Não temos que dar atenção a isso. Temos que cuidar do país. Os que quiserem protestar, que façam isso pelas vias constitucionais”.

publicidade