Política de dar nojo! Lula “loteou” algo que não era dele

lulaloteou

Rodrigo Janot, procurador-geral da República, afirmou em claro e bom tom: ” o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) concedeu ao senador Fernando Collor (PTB-AL) “ascendência” sobre a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, “em troca de apoio político à base governista no Congresso Nacional”

O jornal Folha de S. Paulo informou que, segundo denuncia do PGR, foi criada “uma organização criminosa preordenada principalmente ao desvio de recursos públicos em proveito particular, à corrupção de agentes públicos e à lavagem de dinheiro”.

publicidade

Janot não descreveu a conclusão sobre o papel do ex-presidente Lula na distribuição de cargos da BR Distribuidora. Ontem (13) foi divulgada a delação premiada do ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, que afirmou que Lula havia “concedido influência política” sobre a BR e Collor.

O PGR afirmou que Collor nomeou os responsáveis pela diretoria de Rede de Postos de Serviços da BR, Luiz Claudio Caseira Sanches, e pela diretoria de Operações e Logística, José Zonis. As duas diretorias, ocupadas por indicados de Collor, informa Janot, “serviram de base para o pagamento de propina ao parlamentar”. 

Janot também afirmou que quando “parte da BR foi entregue ao senador” Collor, a Presidência era ocupada por Lula, do PT, e por isso outra parte da estatal foi “reservada” ao partido, que indicou Cerveró para a diretoria financeira e serviços e Andurte de Barros Duarte Filho para a diretoria de mercado consumidor.

publicidade