Planalto em pânico. STF pode devolver ações que envolvem o ex-presidente Lula para Sérgio Moro

planaltopanico

Dilma Rousseff está preocupada com relação à a nomeação de Lula para a Casa Civil. Dezenas de ações foram protocoladas no Supremo Tribunal Federal

Além do risco de Lula não ser nomeado como ministro chefe da Casa Civil, a presidente  ainda foi informada de que 7 (dessas dezenas de ações) encontram-se com o ministro Gilmar Mendes.

publicidade

O medo do Planalto é que o Mendes devolva as investigações para Curitiba, para a tutela do juiz Sérgio Moro.

“Acho extremamente preocupante tudo o que se engendrou, […] a tentativa notória de fugir da jurisdição do juiz natural, que no caso é o juiz Moro, de Curitiba. Isso tem aspectos concernentes, em tese pelo menos, a eventual infração de responsabilidade. Ou mesmo questões de índole penal. Isso tem que ser, claro, examinado com o maior cuidado possível. Mas é evidente que não se trata de um ato normal, tanto é que está provocando tanta especulação e tanto debate”, disse o ministro Gilmar

Em sessão do STF, Gilmar não economizou palavras e fez fortes comentários sobre a nomeação de Lula como ministro.

Um colunista de política do portal UOL  chegou a dizer que “as observações do Gilmar Mendes se parecem muito com um pré-julgamento. Espero que o Gilmar divida sua decisão com o plenário do Supremo” disse.

publicidade