PGR apresenta provas contra Lula: “Ex-presidente obstruiu a justiça e tramou contra a Lava-Jato”

janot040516

De acordo com o PGR [Rodrigo Janot], o senador Delcídio afirmou que Lula “lhe pediu categoricamente” que ajudasse Bumlai, amigo do ex-presidente

O senador Delcídio Amaral (ex-PT) entregou à PGR vários documentos que comprovam seu encontro com Lula para tentar tramar contra a Operação Lava Jato.

publicidade

Rodrigo Janot denunciou Lula ao Supremo Tribunal Federal (STF) por obstrução à Justiça.

Janot também pediu a inclusão do petista no inquérito que investiga políticos por suspeita de envolvimento com o Petrolão.

Delcídio disse que Lula o chamou [em maio de 2015] para “tratar de se evitar que Nestor Cerveró fizesse acordo de colaboração premiada”.

De acordo com o senador, Lula o incumbiu de “comprar o silêncio de Nestor Cerveró” para proteger José Carlos Bumlai, amigo do peito do ex-presidente.

Janot declarou ao STF:

“A respeito desse fato, há diversos outros elementos, tais como e-mail com comprovante de agendamento da reunião entre Lula e Delcídio no Instituto Lula, no dia 8 de maio de 2015; comprovantes de deslocamento efetivo do senador para São Paulo compatível com esta data; outros documentos que atestam diversas outras reuniões entre Lula e Delcídio no período coincidente às negociatas envolvendo o silêncio de Nestor Cerveró, além de registros de diversas conversas telefônicas mantidas entre Lula e (o pecuarista) José Carlos Bumlai e entre este e Delcídio”, afirma o procurador-geral da República.”

publicidade