Pessoas próximas ao ex-presidente afirmam: “Ele não aguentaria 1 mês na prisão. Faria delação premiada”

25/07/2016

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com o provável e definitivo afastamento da presidente Dilma Rousseff, a maioria dos petistas perderá a proteção que tinham no governo

Sem foro privilegiado, vários ministros se tornarão alvos de ações judiciais por parte da Lava-Jato.

A situação de Lula não será diferente. O ex-presidente se tornará alvo de novas denúncias que poderão colocá-lo atrás das grades.

A defesa do petista avalia que, caso o ex-presidente seja levado para Curitiba (através de um pedido de prisão preventiva), dificilmente ele sairá de lá sem sem um acordo de delação.

Pessoas próximas a Lula garantem que ele não suportaria um mês na prisão e colocaria a ‘boca no trombone’ em pouco tempo.

Interlocutores que convivem com o petista relatam que “Diante de situações adversas, Lula é uma pessoa prática, com capacidade de decidir rapidamente a melhor opção” 

“O ex-presidente é muito apegado com a família e com amigos mais próximos e, dificilmente iria se privar do conforto que dispõe para ficar dias detido numa cela” dizem.

publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.