Pesquisa realizada nas redes sociais aponta Bolsonaro como favorito para 2018

Uma pesquisa informal realizada através das redes sociais demonstra claramente uma insatisfação popular com o PT, PMDB, PSDB e afins

Os brasileiros também demonstraram uma aversão às ideias socialistas e os exageros do movimento LGBT, além da preocupação com a segurança, caracterizada pelo clamor em favor da redução da maioridade penal.

A amostragem demonstra que o Brasil não suporta mais as mesmas siglas no poder.

Dos nomes citados (Lula, Bolsonaro, Alckmin, Marina, Aécio, José Serra, Lula e Dilma), o deputado do PP, Jair Bolsonaro, é o que mais se aproxima dos anseios da população por um Estado menos socialista, menos burocrático e mais preocupado com a segurança.

Bolsonaro tem princípios conservadores, não é muito adepto às idéias liberais e de livre mercado, o que poderia levar o país a um inchaço da máquina pública.

Entretanto, sua oposição ao PT e aos socialistas é digna de registro e pode ter sido o fator preponderante no resultado final da pesquisa.

Outro fator que favorece Bolsonaro é sua posição contra os exageros do movimento LGBT e a luta pela redução da maioridade penal.

Mesmo que suas idéias pareçam um tanto quanto radicais, em um momento total desconfiança com a classe política do país, ele sai em vantagem.

O estudo apontou que 19,4% confiam muito em Bolsonaro e 14,7%, em Marina Silva.

De maneira geral, 73% não confiam nos partidos, 70% não confiam nos políticos e 57% confiam pouco na imprensa.

(Patrícia Carvalho)

publicidade


error: Conteúdo protegido !!