Outro? Mais um ministro de Temer é investigado por suposto recebimento de propina

temeremendonca

Mendonça Filho,atual ministro da Educação,  negou que tenha recebido doações ilegais da UTC sua campanha para Deputados em 2014

A denúncia sobre um repasse ilegal para Mendonça Filho foi feita pelo PGR Rodrigo Janot, em documento enviado ao STF em janeiro deste ano.

publicidade

Janot aponta suspeitas de pagamento de propina de R$ 100 mil.

Nos documentos enviados à Suprema Corte, Janot diz que uma imagem encontrada em um celular apreendido é compatível com uma planilha onde aparecia o nome do partido e dados de conta bancária para doações de campanha no ano de 2014.

“havendo manuscrito de R$ 100.000,00 (cem mil reais) e do nome do deputado Mendonça Filho, além de registro impresso do tesoureiro do partido, Romero Azevedo”, conta no documento.

A UTC Engenharia disse que “não comenta investigações em andamento”.

publicidade