O retorno da língua oficial do Brasil: Ministra Cármen Lúcia diz que seu cargo é de “presidente”

carmanedilma

carmanedilma

Ao passar a palavra para a ministra Cármen Lúcia, o atual presidente do STF, Ricardo Lewandowski, tentou fazer uma graça e se deu mal

Lewandowski: ” Então eu concedo a palavra a nossa eminente ministra … presidenta eleita … ou presidente?”

publicidade

A ministra Cármen, no alto de sua sabedoria (o oposto de Dilma), respondeu:

“Eu fui estudante e como amante da língua portuguesa […] eu acho que o cargo é de Presidente, não é não?”

Uma outra voz ao fundo (aparentemente o ministro Celso de Mello) ainda brincou: “Uma presidenta inocenta”

É o retorno da nossa língua oficial! Tchau Dilma … tchau “Dilmês”!

O Brasil se livra do PT e recupera a Língua Portuguesa!

 

publicidade