O recado misterioso de Francisco: “O próximo Natal poderá ser o último de muitas pessoas”

O Papa Francisco, em um discurso promovido durante esse mês, disse que o atual cenário caótico do mundo marca o começo do ‘final dos tempos’, e nessa mesma época no próximo ano o mundo tende a estar de uma forma irreconhecível, disse o site YourNewsWire.

O Papa, que anteriormente havia anunciado o começo da Terceira Guerra Mundial, classificou o Natal desse ano como uma “charada”, durante uma missa na celebração da Semana Santa.

No discurso, Francisco citou os ataques terroristas que ocorreram pelo mundo durante os últimos anos e a possibilidade real de uma guerra nuclear.

“Estaremos fechados para o Natal deste ano. Haverão luzes, haverão festas, árvores brilhantes, e até cenários natalinos, tudo às mil maravilhas. Enquanto isso, o mundo continuará em guerra”, disse o Papa.

O Pontífice elaborou para o seu discurso a seguinte fala:

“Enquanto o mundo passa fome, queima e se declina para um caos maior, nós devemos perceber que a celebração natalina durante esse ano, para aqueles que irão celebrar, pode ser a última”.

Francisco destacou que, a não ser que o caminho para a paz seja reconhecido, nós devemos chorar pelas vítimas inocentes que crescem a cada dia e pedir perdão para Deus:

“Assim como Jesus e Deus choram, eu choro também”, acrescentou o Papa Francisco.

Um tanto quanto diferente dos outros Papas, seja pela evolução que o tempo proporciona ou por uma característica pessoal, Jorge Mario Bergoglio apresenta uma postura (até que positiva) fora do comum para o poderio romano.

Estaria o Papa sabendo de algo que não possa declarar publicamente ? Só o tempo dirá…


publicidade


error: Conteúdo protegido !!