O diálogo vergonhoso de Temer e Joesley: “Funcionou super bem … eu venho aqui onze horas, meia noite…”

Para quem ouve a gravação abaixo, não resta a menor dúvida de que Temer indicou o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures como seu intermediário em futuros encontros ‘financeiros’ com Joesley Batista.

Loures recebeu R$ 500 mil em propinas numa mala que ele mesmo devolveu à PF após ser flagrado por câmeras.

Um detalhe assustador é que o executivo da JBS e delator Ricardo Saud confirmou que seria entregue 1 mala por semana …. é isso mesmo que você leu … uma mala de R$ 500 mil por semana em troca de favores para Joesley em órgãos do governo (especificamente o CADE).

abaixo a transcrição do áudio em que Temer e Joesley citam Rocha Loures:


Joesley: (Inaudível) Eu queria falar como é que é, pra falar contigo, qual é a melhor maneira, porque eu vinha falando através do Geddel, eu não vou lhe incomodar, evidentemente…

Joesley: Eu sei disso, por isso é que..

Temer: (Inaudível) É o Rodrigo.

Joesley: É o Rodrigo? Então ótimo.

Temer: (Inaudível) passar para o Meirelles (inaudível) da mais estrita confiança.

Joesley: Prefiro combinar assim, se for alguma coisa que eu precisar eu falo com o Rodrigo, se for assunto desses aí…

Temer: (Inaudível)

Joesley: Funcionou super bem à noite …  onze horas da noite, meia noite, dez e meia … eu venho aqui, a gente conversa uns dez minutinhos, uma meia horinha e vai embora.


 

publicidade