Novo ministro da Justiça promete ordem no país: “Atos de guerrilha serão tratados como crimes”

moraes1305

O novo ministro da Justiça Alexandre de Moraes defendeu que as atuações violentas de movimentos de esquerda estão com os dias contados

“A partir do momento que deixam o livre direito de se manifestar para queimar pneus e colocar em risco a vida das pessoas, eles cometem atitudes criminosas que serão combatidas, assim como os crimes”, disse Alexandre após participar da cerimônia de posse do novo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes.

publicidade

Moraes chamou de “atos de guerrilha” os protestos realizados em São Paulo ontra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

O novo ministro afirmou que não foi questionado pela população, e sim por ‘meia’ duzia de jornalistas vinculados ao PT.

Alexandre [segundo as palavras do governador Alckmin] é um verdadeiro exemplo à lei e à firmeza.

“O povo brasileiro está cansado de bagunça. Não é possível o país continuar desta forma.” disse o governador de SP.

publicidade