Novas gravações de Sérgio Machado citam Temer,Sarney e até o ministroTeori: “Eu contribuí pro Michel”

dialogo1506

Em gravações divulgadas pelo Jornal Nacional da Rede Globo, Sérgio Machado [ex-presidente da Transpetro ] disse para José Sarney que contribuiu para a campanha do deputado federal Gabriel Chalita em 2012

Em sua delação premiada, Sérgio Machado afirma que Michel Temer lhe pediu dinheiro para a campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo.

A reportagem da Globo informou que a contribuição ocorreu a pedido do presidente interino da República, Michel Temer.

publicidade

No diálogo revelado, Sérgio Machado questiona o ex-presidente José Sarney se Michel Temer poderia participar de uma articulação para evitar que sua investigação caia nas mãos de Sérgio Moro.

MACHADO: Você acha que a gente consegue emplacar o Michel sem uma articulação do jeito que está?

SARNEY: Não. Sem articulação, não. Vou ver o que acontecendo, vou no Michel hoje…

MACHADO: O Michel presidente… lhe dizer… eu contribuí pro Michel.

SARNEY: Hum.

MACHADO: Eu contribuí pro Michel… Não quero nem que o senhor comente com o Renan… Eu contribuí pro Michel pra candidatura do menino [Gabriel Chalita, do PMDB-SP]… Falei com ele até num lugar inapropriado, que foi na base aérea.

Sarney demonstra preocupação:

SARNEY: Alguém sabe que você me ajudou?

MACHADO: Sabe não. Ninguém sabe, presidente. Ninguém sabe que eu lhe ajudei.

SARNEY: Porque o César Rocha, o César, o César Rocha que é o nosso cúmplice junto com o…

MACHADO: Com o Teori?

SARNEY: Com o Teori. Ele é muito, muito, mas muito amicíssimo lá do tribunal. O César fez muito favor pra ele.

MACHADO: O Teori era do tribunal do César?

SARNEY: Era. O Teori era do tribunal do César.

MACHADO: Sabia não.

publicidade