Neil Armstrong revelou: “Assim que chegamos na lua, recebemos ordens para nos retirar. Fomos seguidos por UFOS”

amrstrong

amrstrong

O que realmente aconteceu fora da Apollo 11?

16 a 24 de julho de 1969: O astronauta Michael Collins comandou a nave-mãe que permaneceu em órbita lunar, esperando o retorno dos primeiros homens (Neil Armstrong e Buzz Aldrin) a andar na Lua.

publicidade

Antes de falecer (em 25 de agosto de 2012) o astronauta Neil Armstrong teria revelado que, assim que desembarcaram da Apollo 11, ele e Aldrin receberam ordens para se afastar e se retirar da Lula.

Grande parte desses fatos foi ocultado pela NASA e pelo Governo dos EUA durante décadas.

Armstrong: Uma coisa incrível, embora nós sempre soubemos dessa possibilidade. O fato é que eles (extraterrestres) nos ordenaram para irmos embora! .

Entrevistador: O que você quer dizer com alertou para se afastarem ?

Armstrong: Não posso entrar em detalhes, existem estruturas na Lua, e não são nossas. Só posso dizer que existem. Suas naves são muito superiores as nossas tanto em tamanho e tecnologia. São grandes! … e ameaçadoras!

Em julho de 1969, Armstrong informou ao comando de controle da missão que dois grandes objetos desconhecidos foram avistados após o pouso na lua.

Esta mensagem nunca foi ouvida pelo público porque a NASA censurou.

Em uma entrevista concedida em 2006, o astronauta Neil Armstrong revelou que houve um encontro entre a Apollo 11 e UFOs.

“Este foi apenas um dos muitos encontros com alienígenas” disse.

Buzz Aldrin (companheiro de Armstrong) disse que gravou um vídeo em cores do UFO de dentro da nave.

Armstrong confirmou que a história era verdadeira, mas se recusou a entrar em detalhes […] logo em seguida admitiu que a CIA queria esconder o ocorrido.

Há algum tempo na Internet existe um arquivo de áudio que contém a conversa entre os astronautas e o Centro de Controle em Houston, capturado a partir de várias estações terrestres de rádio freqüência.

arm001

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO A PARTIR DO MINUTO 2:00


No dia 25 de agosto de 2012, não resistindo a complicações relacionadas com intervenções cirúrgicas, Armstrong faleceu em Cincinnati, no estado de Ohio, aos 82 anos de idade.


 

publicidade