MPF calcula que JBS foi ‘agraciada’ com R$ 45 bilhões dos cofres públicos

A dupla (que não é sertaneja) Joesley e Wesley, de acordo com o MPF,  foi agraciada com um total de 45 bilhões provenientes dos cofres públicos.

Tudo isso graças a benção de Lula e de centenas de outros políticos que transformaram a J&F no maior grupo do Brasil.

Os empréstimos vieram do BNDES, fundos de pensão, créditos obtidos junto à CEF, linhas de crédito do Banco do Brasil e também de outros bancos públicos.

A defesa da empresa nega que os valores atinjam essa cifra e alega que os cálculos do MPF não conferem.

Vale ressaltar que cerca de 70% da fortuna que circula nas empresas dos Batista estão concentradas nos EUA […] outros 10% estão divididos em diversos países (Índia, China, México, Indonésia, África do Sul, Tailândia, Turquia, Alemanha, Holanda, Peru, Chile, Venezuela, Itália e Canadá)  […] o restante (algo em torno de 20%) se refere ao Brasil.

Qual a contrapartida do grupo para o país? Gerar empregos nos EUA?


informação do Antagonista

publicidade