Moro confirma novo depoimento de Duque. Ex-diretor da Petrobras prometeu abrir as “portas do inferno”

Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, pediu para ser interrogado novamente pelo juiz Sérgio Moro

Condenado a mais de 57 anos de prisão em vários processos, ele é acusado de intermediar cobrança de propinas para o PT.

Duque foi bem direto e demonstrou que quer colaborar com a justiça.

“Vou abrir a caixa de ferramentas e a porta do inferno”, foram as palavras dele.

Em seu primeiro depoimento, Duque preferiu ficar em silêncio […] dessa vez ele promete que vai fazer a ‘casa cair’.

O juiz federal Sérgio Moro já recebeu o pedido e marcou o novo interrogatório do ex-diretor da Petrobras Renato Duque para a próxima sexta-feira (5 de maio).


 

publicidade