Míssil ICBM da Coreia pode atingir o Havaii e colocar mais de 1 milhão de americanos em risco

24/04/2017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
General Lori Robinson, responsável pela Força Aérea Americana no Pacífico.

Especialistas em armamentos nucleares contratados pela Coreia do Norte relataram ao ditador Kim Jong-un que os mísseis balísticos fabricados no país do ditador já possuem autonomia suficiente para atingir o Havaí

Os oficiais acreditam que se o estado norte-americano for atingido por um ICBM (míssil nuclear balístico para longas distâncias), o armamento teria a mesma força destrutiva que as bombas atômicas que atingiram Hiroshima e Nagasaki no fim da segunda guerra mundial.

“O nível sem precedentes de testes nucleares realizados pela Coreia do Norte e o constante aperfeiçoamento dos mísseis balísticos são um aviso de que os Estados Unidos devem permanecer vigilantes contra a nação do déspota norte-coreano”, disse a general Lori Robinson, a primeira mulher dos EUA a liderar forças de combate, responsável pela Força Aérea Americana no Pacífico.

Autoridades do Hawaii foram alertadas para fazer um levantamento sobre as condições dos abrigos nucleares existentes no estado.

Toby Clairmont, diretor executivo da Agência de Gerenciamento de Emergências do Havaí, disse que uma inspeção em de centenas de bunkers revelou que apenas dezenas deles ainda são reutilizáveis:

“Cada uma dessas instalações tem que ser pesquisada com relação à densidade do concreto […] Em alguns bunkers, nós já recolocamos kits médicos, comida, kits sanitários, todo esse tipo de coisa.”

Toby relatou que o financiamento para provisões nos abrigos diminuiu ao longo dos anos e os estoques foram eliminados porque estavam vencidos.

O administrador de gerenciamento de emergência do Havaí, Vern Miyagi, disse que o estado precisa atualizar sua resposta de emergência à ameaça de mísseis, mesmo não acreditando que um ICBM possa atingir o estado.

“Temos uma linha de comunicação direta com o Comando do Pacífico para entender o que está acontecendo. Em um provável ataque, temos que nos preparar com o que temos de material – e o que temos agora é muito pouco” disse Miyagi.

Relatórios feitos pelo Comando do Pacífico advertem que mais de um milhão de americanos estão em risco de um ‘suposto’ ataque vindo da Coréia do Norte.

Fontes do Havaí acreditam que, devido a sua proximidade com a Coreia (cerca de 4500 milhas / 7242 km), o estado seria o alvo mais provável para o ataque nuclear de Kim.

Ainda não se sabe qual o poderio de fogo e a distância que esses mísseis poderiam percorrer carregando ogivas nucleares.

Trump disse que é quase impossível que um míssil desses atinja os EUA.

Mas a coisa não é bem assim.

Para se ter uma ideia, em 2016 a Rússia afirmou que possui um míssil (ICBM) capaz de percorrer 9940 milhas ou 16000 km.

Com certeza, Donald Trump não pagará para ver!


publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.