Menino, o cãozinho que perdeu o dono em um acidente automobilístico,dorme ao lado do carro há 10 meses

meninodetran

meninodetran

Um cão que estava com seu dono no momento de um acidente de trânsito permanece no Detran de Campo Grande (MS) junto ao veículo

Há 10 meses, o cãozinho permanece nas dependências do Detran e dorme todos os dias no veículo do seu ex-dono

Ele agora foi apelidado de Menino.

publicidade

Em setembro do último ano, uma colisão entre uma caminhonete Chevrolet e um Ford Belina levou a óbito o condutor do carro de passeio de 52 anos.

O dono do Ford Belina ficou preso às ferragens a não resistiu.

Os Bombeiros foram acionados e não perceberam a presença do cachorro no momento do resgate. O cãozinho permaneceu no veículo, que foi encaminhado para o pátio do Detran.

O cão, todo machucado, foi encontrado pelos servidores do órgão público. Eles o levaram a um veterinário para cuidar dos ferimentos.

O animalzinho era muito arisco e fugia de todo mundo. Provavelmente estava com medo e sentia falta de seu dono.

UMA NOVA AMIZADE

“Ele veio pequeno para cá e como eu o alimentei e dei carinho, ele acabou se afeiçoando a mim. Quando estou arrumando minhas coisas para ir embora, ele fica olhando com uma tristeza.”

Eia que surge o senhor David Guimarães dos Santos (56 anos), prestador de serviço. Ele não desistiu e, todos os dias quando chegava trabalhar, alimentava e colocava água para o cãozinho.

Após um mês, David ganhou a amizade e a confiança do cachorro, conquistando um companheiro para todas as horas. O cãozinho foi apelidado de “Menino”.

Desde então, é possível ver os dois amigos andando pelo pátio. Eles estão sempre juntos.

O sr. David relata que Menino o acompanha em todos os lugares e não atende o chamado de mais ninguém.

Na hora de encerrar o expediente, David conta com orgulho: “Falo para ele: Menino, fica aí cuidando’” e ele fica.

No outro dia, quando chego para trabalhar, “ele fica numa alegria sem fim”, disse David.

Ele ainda conta que não pode levar Menino para casa: 

“Já tenho dois cachorros e acho que eles não aceitariam mais um”

Apesar da triste história de superação, Menino aparenta ser um cão saudável, feliz e acima de tudo, leal.

fonte: Detran/MS

publicidade