Mendes compara o TSE à ditadura e leva uma ‘sova moral’ de Herman Benjamin

Herman Benjamin, ministro do TSE e relator do processo que pode cassar a chapa Dilma/Temer, colocou Gilmar Mendes em seu devido lugar

Benjamin é um ministro calmo, sensato, inteligente, estudioso e que não gosta muito de aparecer […] já Mendes é um ministro ‘que busca holofotes’, fala muito, é debochado, não tem humildade e se acha acima dos outros juízes.

Durante um de seus ataques de ‘sapiência extrema’, Gilmar encontrou alguém a sua altura quando declarou que o TSE atualmente cassa mais mandatos de cargos eletivos do que na época ditadura.

Diante da provocação, Herman Benjamin, com a educação que lhe é peculiar, rebateu:

“As ditaduras cassavam e cassam quem defende a democracia. O TSE cassa quem vai contra a democracia.”



Abaixo mais um ‘ataque de humildade’ de Mendes

“Essa ação só existe graças ao meu empenho, modéstia às favas …” traduzindo: “essa ação de cassação só existe porque eu sou onipotente e onipresente, a modéstia que se dane”


publicidade