Medidas impopulares: Governo poderá taxar igrejas para aquecer a economia e gerar empregos

taxarigrejas

Depois de anunciar que poderá tomar medidas impopulares para que a economia do país volte a crescer, o presidente interino Michel Temer participou de reunião com donos de igreja e cogitou a possibilidade de que os mesmos comecem a recolher impostos para aquecer a economia.

publicidade

Temer também disse que está preocupado com a população e quer gerar mais empregos.

Em encontro internacional do agronegócio Temer disse:

“A partir de um certo momento, começaremos com medidas, digamos assim, mais impopulares. E as pessoas me perguntam: ‘mas você não teme propor medidas impopulares?’ Disse ‘não, meu objetivo não é eleitoral’. O meu objetivo nesses dois anos e meio, se eu ficar dois anos e meio, ainda há o episódio do Senado Federal, eu sou cauteloso em relação a isso, o Senado deve decidir em agosto, mas, se eu ficar os dois anos e meio e conseguir colocar o Brasil nos trilhos, para mim o quanto basta, eu não quero mais nada da vida pública”, disse o presidente em exercício.

 

publicidade