Marcelo Odebrecht confessa que esteve com Dilma no México e alertou: “A Lava-Jato vai descobrir tudo”

02/03/2017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O ex-presidente da Odebrecht vai complicar Dilma em seu acordo de delação premiada!

Empresário narrou que não considerava crime os pagamentos ilícitos que fez ao PT e os repasses via caixa dois são parte da cultura política no Brasil.

Informações da Folha dão conta de que Marcelo Odebrecht já conversou com os procuradores da Lava-Jato e relatou que cuidava pessoalmente dos recursos que ajudaram a bancar as campanhas de Dilma em 2010 e 2014.

Ainda de acordo com a matéria, Marcelo Odebrecht esteve com Dilma no México em maio de 2015 e alertou a presidente.

“Os investigadores da Lava Jato estão prestes a descobrir os pagamentos ilícitos que a Odebrecht fez para João Santana na Suíça” disse Marcelo na época.

Odebrecht relatou que Dilma não deu atenção ao alerta que ele fez. A conversa aconteceu dias antes de Marcelo ser preso pela PF.

O mega empresário também negociou pagamentos para o PT com representantes do partido em sua casa no Morumbi [SP].

Ele chegou a dizer para pessoas próximas que não se sentia ameaçado pela Lava Jato e acreditava que, caso fosse pego, Dilma cairia junto com ele.

O blá blá blá de Dilma

A assessoria de Dilma disse à Folha que ela esteve com Marcelo Odebrecht maio de 2015 na Cidade do México, durante viagem oficial, porém não tratou de assuntos que envolviam João Santana.

publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.