Lula tenta escapar de Sérgio Moro (mais uma vez) e toma ‘chapuletada’ unânime do STF

O STF negou (na tarde de hoje) outro recurso impetrado pela defesa do ex-presidente Luíz Inácio

A defesa do petista alegou que o juiz federal Sérgio Moro está conduzindo o processo da Lava-Jato (no que diz respeito a Lula) de forma indevida.

O processo se refere ao diálogo (entre Lula e Dilma) que foi grampeado pela PF.

É aquele da famosa frase:

Dilma falando

“Lula, deixa eu te falar uma coisa, estou mandando um papel pra gente ter ele. Só use em caso de necessidade, que é o termo de posse”

A defesa também pediu a anulação de todo o material argumentando que Dilma tinha foro e ambos teriam que ser investigados no STF.

O ministro Edson Fachin (juntamente com todos seus colegas [….] repetindo juntamente com todos seus colegas) defenderam que o alvo das escutas era o ex-presidente, portanto não tem direito a foro privilegiado.

Resumindo:

♫ ♪ Sérgio Moro vem aí […] lá lá lá lá lá lá ♪ ♫

 

publicidade