Lula diz que apartamento no Guarujá não é dele. Ele só ia lá para passear e ver as obras

TASERTOlULA

Dois funcionários do edifício Solaris, afirmaram em depoimento ao MP de São Paulo, que viram o ex-presidente Lula e sua esposa visitando a reforma do famoso apartamento 164-A no Guarujá

Localizado na praia de Astúrias, o triplex estaria sendo reformado para a família de Lula pela construtora OAS, acusada de envolvimento no esquema de corrupção que atuava na Petrobras, informou o jornal O Globo.

publicidade

Em entrevista coletiva, o MP paulista informou também que investiga se o ex-presidente da República e Dona Marisa Letícia ocultaram de seu patrimônio declarado o apartamento o triplex na praia de Astúrias.

Os promotores de Justiça apuram a transferência de prédios inacabados da Bancoop – a cooperativa do sindicato dos bancários que se tornou insolvente – para a OAS.

Em entrevista ao Jornal Nacional, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, negou que o ex-presidente ou parentes dele sejam donos do triplex no condomínio de Guarujá.

“Esse imóvel não é do presidente Lula e de nenhum parente do ex-presidente Lula. A familia do ex-presidente Lula comprou uma cota de um projeto da Bancoop”

Você, eleitor brasileiro, por acaso imagina quem presidia a Bancoop ?

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Isso mesmo, o ex-tesoureiro do PT !

O esquema Bancoop serviu de embrião para outras esquemas criminosos. Foram desviados mais de R$ 100 milhões da Bancoop, prejudicando mais de 3 mil famílias, para abastecer um esquema político.

Atualmente Vaccari Neto está preso em Curitiba em decorrência das investigações da Operação Lava-Jato. O petista já foi condenado há 15 anos de prisão em uma das ações que envolve desvios em contratos da Petrobras.

Os procuradores da República investigam também a abertura de empresas no exterior e a compra de apartamentos no Guarujá para lavar dinheiro do esquema de corrupção na Petrobras.

Investigadores da Lava Jato já afirmaram que todos os imóveis do condomínio Solaris estão sendo apurados na nova operação denominada Triplo-X.

Em 2015, Quando surgiu a informação de Lula seria o provável proprietário do triplex no Guarujá, o ex-presidente negou (aliás, essa é a marca registrada de Lula; negar tudo) , mas admitiu que tinha uma cota no empreendimento adquirido em nome de Marisa Letícia em 2005 e quitada em 2010.

LULA NEGOU POSSE DO TRIPLEX, MAS ZELADOR VIU O EX-PRESIDENTE NO PRÉDIO

Em 23 de outubro DO ANO PASSADO, o zelador do edifício Solaris, e a porteira do condomínio prestaram depoimento aos integrantes do Ministério Público.

O zelador relatou aos promotores de Justiça ter visto Lula no condomínio duas vezes. Época essa em que o triplex estava sendo reformado pela Tallento Construtora Ltda, empresa contratada pela OAS.

O funcionário ainda destacou que Lula estava acompanhado da ex-primeira-dama.

A segunda vez que Lula foi visto pelo zelador do prédio, conforme depoimento dele, foi durante  instalação de um elevador privativo no apartamento 164A. Ele não detalhou aos promotores a data das supostas visitas.

A porteira Letícia Eduarda também relatou ter visto Lula no prédio durante a reforma do triplex, no final de 2013. Segundo a funcionária, o ex-presidente “entrou, subiu até o apartamento 164A e foi embora”.

Letícia ressaltou aos promotores que apenas familiares de Lula frequentavam o apartamento.

DEFESA

O Instituto Lula informou que o ex-presidente e Marisa Letícia “jamais ocultaram” que a ex-primeira-dama possui cota de um empreendimento no Guarujá e que essa cota foi adquirida da extinta Bancoop.

De acordo com informação do instituto, o dinheiro investido nesta cota pode ser restituído ao comprador ou usado como parte na aquisição de um imóvel no prédio.

“Nem Lula nem dona Marisa têm relação direta ou indireta com a transferência dos projetos da extinta Bancoop para empresas incorporadoras […]. Não há, portanto, crime de ocultação de patrimônio, muito menos de lavagem de dinheiro. Há apenas mais uma acusação leviana contra Lula e sua família”, informou a assessoria.


leia também

TASERTOlULAcs

publicidade