Lula comparou Dilma a Jesus Cristo e disse que Aécio Neves age como nazista

LulaAecionazista

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece não ter limites em sua arrogância, prepotência e ignorância

Em 2009, por exemplo, afirmou que se Jesus Cristo fosse candidato por um partido numa eleição aqui no Brasil, teria de se aliar a Judas.

publicidade

No ano seguinte, durante um comício em Garanhuns (PE), comparou a então candidata Dilma Rousseff a Jesus: “Essa mulher foi barbaramente torturada. Não existe nada mais grave que o ser humano possa fazer com o outro do que torturar. Vocês sabem porque Jesus Cristo foi torturado”. Poucos meses depois, comparou a si mesmo com Jesus.

Quatro anos depois, durante comício no Recife, Lula atacou os aliados de Aécio Neves (PSDB). “Parece que estão agredindo a gente como os nazistas agrediram na Segunda Guerra. Eles são intolerantes. Outro dia eu falei para eles: vocês são mais intolerantes que Herodes, que mandaram matar Jesus Cristo com medo de ele se tornar o que virou”, afirmou o ex-presidente diante de uma multidão na praça do Diário, na capital pernambucana.

O tom do discurso subiu justamente no único Estado do Nordeste em que Dilma não ganhou, perdendo para Marina Silva. Ao final do comício, asseverou: “Essa moça, com apenas 20 anos de idade. Estava colocando a vida em risco para lutar pela liberdade do nosso País”.

Convenientemente, esqueceu de mencionar que nessa época Dilma foi presa por causa do seu envolvimento na luta armada contra o governo, tendo feito parte da Vanguarda Armada Revolucionária e participado de assaltos. Com informações Estadão.

publicidade