Lula assume que frequenta sítio reformado pela Odebrecht, mas diz que o imóvel não é dele

lulasitio1

Lula admitiu hoje (29), através de sua na rede social, que frequenta o sítio de Atibaia, no interior de São Paulo

O ex-presidente alegou que o local pertence a “amigos da família”. Lula passou as férias de janeiro na propriedade, segundo informações do Instituto Lula.

publicidade

“Desde que encerrou o segundo mandato no governo federal, em 2011, o ex-presidente Lula frequenta, em dias de descanso, um sítio de propriedade de amigos da família na cidade de Atibaia”, afirmou Lula, em sua página no Facebook.

lulasitio2

O sítio

A Odebrecht foi responsável pelo pagamento da maior parte da reforma do “sítio dos amigos” frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares, segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo com a ex-dona de uma loja de materiais de construção e um prestador de serviços.

Dividido em duas partes, o sítio de Atibaia  (interior de São Paulo) de 173 mil metros quadrados está registrado em nome de Fernando Bittar, filho de Jacó Bittar, amigo que fundou o PT com Lula, e do empresário Jonas Suassuna, sócio, assim como Bittar, de Fábio Luís da Silva, o Lulinha, filho do petista.

publicidade