Líder da Al-Qaeda ameaça os EUA: “Faremos 1000 vezes pior que o 11/09, se Deus quiser”

O líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahri, disse que o grupo vai “perseguir” os Estados Unidos por causa de sua “agressão” contra a comunidade muçulmana

(Daily Mail)

Em um vídeo publicado nas redes sociais, ele ameaça:

“Nossa mensagem para os americanos é cristalina. O 11 de setembro foi resultado direto de seus crimes contra nós na Palestina, no Afeganistão, no Iraque, no Levante, no Mali, na Somália, no Iêmen, no Magreb e no Egito.”

“Tudo o que aconteceu foi resultado de suas invasões nas terras sagradas dos muçulmanos e do apoio que vocês deram aos governos criminosos  e corruptos”.

Zawahri diz que a Al-Qaeda tentará repetir os ataques de 11 de setembro:

“Enquanto seus crimes continuarem, o 11/9 se repetirá 1.000 vezes. Perseguiremos vocês até o dia da ressurreição, se Deus quiser.”

Oficialmente, a Al-Qaeda foi responsabilizada pelos ataques das Torres Gêmeas nos EUA em 11 de setembro de 2001.

Acredita-se que o fundador do grupo terrorista, Osama bin Laden, tenha planejado o atentado que matou mais de 3.000 pessoas.

Bin Laden foi morto (pelos SEALS da Marinha Americana ) em seu esconderijo no Paquistão.

Desde então, seu sucessor Ayman al-Zawahri tem aparecido em vários vídeos que ameaçando derramar sangue contra as potências ocidentais.


 

publicidade