Diário do Brasil

Kim Jon e Assad se juntam e declaram guerra contra a ‘ambição selvagem’ dos EUA

Os ditadores Bashar al-Assad e Kim Jong-un anunciaram uma união para combater as grandes potências

Os líderes da Coréia do Norte e da Síria concordaram em aumentar a cooperação diante das crescentes ameaças militares dos EUA.

Uma nota oficial foi divulgada pelo governo sírio destacando as relações “amigáveis” entre as duas nações totalitárias.

Agora, os “países amigos” da Coréia do Norte e da Síria juraram trabalhar juntos contra a “ambição selvagem” dos norte-americanos.

Assad declarou a Kim:

“Os dois países amigáveis ​comemoram esta data (se referindo ao 105º aniversário do fundador da Coréia do Norte, Kim Il Sung) e ao mesmo tempo conduzem uma guerra contra a ambição selvagem das grandes potências em querer submeter todos os países à sua política expansionista. As duas nações lutarão pela autodeterminação, soberania nacional, segurança e prosperidade de seus países.”

Kim retribuiu a nota e parabenizou a Assad no 90º aniversário de seu partido Ba’ath, informou a KCNA, agência de mídia estatal norte-coreana:

“Espero que nossa parceria contra o imperialismo cresça firmemente. Conte conosco” disse Kim Jon-un.


(Diário do Brasil com informações do jornal Washington Post) 


publicidade


error: Conteúdo protegido !!