Diário do Brasil

Kim brincou com fogo e agora terá que enfrentar o exército mais bem treinado do planeta: o de Israel

Forças especiais mascaradas receberam ordens expressas do governo israelense para tirar o líder comunista de circulação

O Ministério das Relações Exteriores norte-coreano afirmou nesta semana:

“Iremos punir sem piedade os que ofendem a dignidade de nossos líderes.”

“Alertamos Israel para que pense duas vezes sobre as difamações contra nosso líder. Israel desfruta do apoio dos EUA, mas se atacar a Coreia do Norte, será punida até a morte” declarou a Coreia em nota.

A frase foi um recado direto para Israel, que tem um dos exércitos mais bem treinados e temidos no mundo.

Os israelenses optaram por qualidade ao invés de quantidade – suas tropas estão entre as mais bem treinadas do planeta – a Força Aérea dispõe de tecnologia de ponta.

A experiência em combate fez o país desenvolver algumas das melhores armas disponíveis, como o tanque Merkava e equipamentos de espionagem de primeira linha.

KIM BRINCOU COM FOGO

A força-tarefa de elite do Israel, Shayetet 13, recebeu ‘sinal verde’ para capturar e, se for o caso, assassinar o líder comunista do ‘Reino dos Eremitas’.

Informações da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA) dão conta de que o paradeiro de Kin Jon-un dentro de seu país ainda não foi descoberto por satélites americanos.

Kim pode estar em qualquer um das centenas de bunkers espalhados pela Coreia.

O governante que diz carregar a “espada da justiça” pode estar com seus dias contados.

O porta-voz do Comando de Operações Especiais de Israel informou:

“A inteligência está rastreando os movimentos de Kim Jon e assim que detectarmos sua exata localização, vamos atacá-lo imediatamente, sem hesitar um segundo.”

Forças especiais estão em missão para capturar o líder comunista

Devido ao alto grau de inteligência, aptidão e destreza da brigada (que recebe os mesmos treinamentos dos Navy Seals americanos) cada membro da equipe “Shayetet 13” pode ser comparado a “1000 soldados do exército norte-coreano” – devido ao treinamento rigoroso recebido pela marinha dos EUA.

Com a ajuda dos agentes duplos M16 (Serviço Secreto Britânico) e CIA (EUA), eles estão procurando esconderijos para rastrear o homem mais temido do mundo nos tempos atuais.

‘Extraoficialmente’ Kim Jon-un tem atualmente uma recompensa US$ 50 milhões por sua cabeça.


publicidade


error: Conteúdo protegido !!