Julian Assange: “Hillary Clinton ficou milionária ao armar militantes do ISIS” […] entenda

assange

Caso você não queira ler o texto, assista o vídeo no final da página

hillaryentenda

Um mail de 2014, enviado pela candidata derrotada Hillary Clinton, diz que o ISIS foi criado pelos governos de Arábia Saudita e Qatar, os mesmos países que encheram as ‘burras’ da Fundação Clinton com milhões de dólares.

uma rápida introdução:

publicidade

Julian Paul Assange é um jornalista, escritor e ciberativista australiano. É um dos nove membros do conselho consultivo do WikiLeaks, um portal especializado em denúncias e vazamento de informações, que divulgou as informações abaixo.

O email foi enviado logo após Hillaty ter deixado o cargo no Departamento de Estado do governo Obama e o destinatário era o coordenador geral de sua campanha, John Podesta.

Resumindo, o tal email afirmava que ‘quem sustentava o ISIS naquele momento eram os governos da Arábia Saudita e Qatar’

Foi durante o mandato de Obama (em que Hillary foi Secretária de Estado – de janeiro de 2009 e fevereiro de 2013) que aconteceu o maior negócio de armas de toda a história mundial.

A negociação com a Arábia Saudita rendeu aproximadamente 80 bilhões de dólares aos EUA. O valor as exportações de armas dos EUA praticamente dobrou.

Trecho do email de Hillary dizia:

“Embora a operação esteja avançando, precisamos usar nossos recursos de inteligência e diplomáticas mais tradicionais para fazer pressão sobre os governos do Qatar e da Arábia Saudita, que estão proporcionando apoio financeiro e logístico clandestino para o ISIS e outros grupos sunitas radicais da região”

A ex-secretária de Estado acrescentou:

“Este esforço será reforçado pelo compromisso intensificado pelo [governo regional curdo]. O Catar e os sauditas serão colocados em uma posição de equilíbrio político entre a sua concorrência em curso para dominar o mundo sunita e as consequências da grave pressão dos Estados Unidos”.

O que podemos entender com isso tudo?

Simples. O grupo terrorista conhecido como ISIS foi criado e sustentado, em grande parte, com o mesmo dinheiro que sustenta a Fundação Clinton.

Analisando por outro ponto de vista:

Os Clinton ficaram ricos ao armar militantes do ISIS.

O governo americano exporta armas para a Arábia e Qatar ►Eles entopem o ISIS de armas ► A fundação recebe uma gratificação.

Para se ter uma idéia, o Qatar doou 5 milhões de dólares para a Fundação Clinton e a Arábia Saudita doou 25 milhões.

Hillary e seu marido têm sangue nas mãos!

publicidade