Juiz manda soltar ‘pastor’ acusado de abusar do enteado de cinco anos

pastoracusado

Felipe Heiderich,  pastor que foi acusado de crime de pedofilia contra o próprio enteado de 5 anos está solto novamente

Heiderich vai responder em liberdade. Ele foi preso preventivamente em Bangu há dois dias.

publicidade

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) não pediu a conversão em prisão preventiva e o acusado foi liberado.

“Ressalto que o MPRJ não pediu a prisão preventiva, mas somente medidas cautelares”, disse o juiz Paulo Cézar Vieira de Carvalho Filho, titular da 17ª Vara Criminal da Capital.

O pastor está proibido de se aproximar da mulher Bianca Toledo e do filho dela de 5 anos.

“Determinei o monitoramento eletrônico e que o réu fique proibido de se aproximar da criança e da mãe”, determinou o magistrado.


leia também:

Cantora se emociona e diz que foi enganada pelo marido: “Não imaginei que eu sentiria isso na minha pele”


Senador Magno Malta se pronuncia sobre pastor que abusou do filho de 5 anos: “Que pegue perpétua!”


publicidade