Juiz manda soltar camelô e justifica: “Os verdadeiros bandidos estão soltos e dando um golpe no país”

despacho

Um despacho assinado pelo juiz da 17ª Vara da Justiça Federal de MG está causando polêmica nas redes sociais

No documento o juiz justifica a decisão e diz que o impeachment da presidente Dilma Rousseff foi uma farsa e que os responsáveis pelo ato é que deveriam estar presos.

publicidade

Um camelô foi preso pela Polícia Militar (PM) enquanto vendia cigarros em de Belo Horizonte, na última sexta-feira (26). Dois dias após sua detenção, o juiz responsável pelo caso libertou o acusado justificando que os verdadeiros bandidos “estão soltos dando golpe na democracia”.

“Determino a imediata soltura de José Cleuto de Oliveira Almeida, porque não há causa justa para a manutenção de sua prisão. Efetivamente, o custodiado está a ganhar seu pão, enquanto os bandidos deste país, que deveriam estar presos, estão soltos dando golpe na democracia”.

O camelô José Cleuto (de 44 anos) comentou a justificativa expedida pelo juiz:

“Acho que foi uma declaração muito justa. Eu estava trabalhando, não estava roubando  nem fazendo nada de errado. Estávamos trabalhando honestamente pra trazer o pão pra casa”.

publicidade