Jornalista que acusou Feliciano é flagrada (em vídeo) pedindo para assessor ‘matar’ um comparsa”

11/08/2016h

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Esse é um dos casos mais bizarros que apareceu na mídia nesses últimos dias

A jovem Patrícia Lélis (22 anos), que acusou o pastor e deputado Marcos Feliciano de agressão e abuso, está sendo desmascarada aos poucos.

Um novo vídeo conseguido pelo jornal Estadão comprova que ambas as partes divulgaram versões distorcidas do ocorrido.

A jovem militante do PSC (que até o momento se colocava como vítima) chegou até mesmo a encomendar a morte de um “terceiro”.

O vídeo abaixo mostra Talma Bauer, assessor de Feliciano, tentando comprar o silêncio da jovem.

Ele pergunta à jovem se a quantia repassada seria suficiente.

Patrícia, a suposta vítima, pergunta se Bauer se refere aos “dez” (R$ 10 mil).

O assessor responde:

“Eu passei R$ 50 mil para um intermediário”

Patrícia se espanta e diz:

“O que? R$ 50 mil? Ele me passou só R$ 10 mil”

Patrícia então insiste em ligar para o intermediário (de nome Arthur Mangabeira), mas é contida não só por Bauer e também por Emerson Biazon, assessor de PRB que filmava o encontro.

Nervosa, a jovem pergunta:

“Bauer, por que você não matou ele? Por favor!”

E ela insiste:

“Mas você me dá a sua palavra que você vai fazer alguma coisa com ele?”

Bauer finaliza o vídeo dizendo:

“Eu não vou matar ele, mas eu vou dar um nó nele, alguma coisa eu faço”.

publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.