Japão e EUA concluem que ameaças da Coreia do Norte são reais: “Vamos tropeçar em uma guerra nuclear”


A Coréia do Norte produziu com sucesso uma ogiva nuclear miniaturizada que pode ser acoplada dentro de seus mísseis, informou o jornal The Washington Post

Funcionários da inteligência dos EUA concluíram, em uma avaliação confidencial, que as ameaças de Kin Jong-un são reais.

A nova análise , concluída no dia 28/07/2017 pela Agência de Inteligência da Defesa, confirma que o número total de bombas no arsenal atômico da Coreia do Norte aumentou significativamente.

Os EUA calculam que cerca de 60 armas nucleares são controladas pelo líder norte-coreano […] especialistas independentes acreditam que o número de bombas pode ser menor.

Autoridades dos EUA também concluíram que Pyongyang está superando as expectativas para construir um míssil balístico intercontinental capaz de atingir diversas cidades no continente americano.

“O IC (Intelligence Community) avalia que a Coréia do Norte produziu armas nucleares em seus projetos de mísseis balísticos, incluindo a categoria ICBM (mísseis nucleares intercontinentais)”, afirma a avaliação.

Uma outa análise desta semana (divulgada pelo Ministério da Defesa do Japão) também conclui que há evidências concretas de que a Coreia do Norte alcançou a miniaturização das bombas nucleares.

“Kim Jong Un está se tornando cada vez mais confiante em seu arsenal nuclear”, concluíram os analistas.

No último sábado, China e Rússia se juntaram a outros membros do Conselho de Segurança da ONU para aprovar a punição de novas sanções econômicas , incluindo a proibição de exportações que totalizam a quantia de US $ 3 bilhões.

O conselheiro de segurança dos EUA, general HR McMaster, declarou:

“Temos que fornecer todas as opções para conter Kim Jong-un . . . e isso inclui uma opção militar.”

Kim tem declarado repetidamente sua intenção de montar uma frota de ICBM’s com carregamentos nucleares para garantir a sobrevivência de seu regime.

Analistas e especialistas independentes dos EUA acreditam que o avanço tecnológico da Coréia do Norte não pode ser subestimado:

“A superação do ditador norte-coreano é particularmente perigosa. Alguns o descrevem como sendo um louco, mas acredite – ele não é louco, não é suicida nem tão pouco imprevisível. Seus movimentos são extremamente calculados. A ameaça é real e vamos tropeçar em uma guerra nuclear na península coreana”.

“Não há motivo para pensar que os norte-coreanos não estão fazendo o mesmo progresso após tantas explosões nucleares bem-sucedidas”, disse Jeffrey Lewis – um especialista em desarmamento nuclear do governo norte-americano.


publicidade