Diário do Brasil

Internautas relatam mais casos da doença misteriosa que causa dor e urina preta em outros 2 estados: ES e RE

A Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) emitiu um um alerta de epidemia para todas as unidades de atendimento em saúde e também para profissionais da área

A doença, que já infectou mais de 22 pessoas, causa fortes dores musculares e é uma espécie “de mialgia epidêmica”.

De acordo com informações da Sesab, as pessoas que foram infectadas possuem sintomas como “fortes dores na região cervical, região do trapézio, seguidas de dores musculares intensas nos braços, dorso, coxas e panturrilhas”.

Um segundo sintoma observado nas vítimas foi a cor da urina, que é parecida com refrigerante de cola, na cor preta.

Os casos ainda estão sendo investigados pelos órgãos competentes e as causas não foram confirmadas até o momento.

Populares e especialistas chegaram a cogitar a hipótese de contaminação por ingestão de peixe, porém somente 14 dos 22 pacientes relataram ter comido o alimento.

“Só há especulações e eu não considero o peixe contaminado como principal hipótese”, disse um profissional do laboratório de virologia da Universidade da Bahia.

O alerta é para que, ao aparecer os sintomas, a pessoa procure atendimento médico imediato e não tome medicamentos por conta própria, com o objetivo de evitar o agravamento da situação.

Nas redes sociais, uma internauta relatou que seu marido contraiu a doença, porém em outro estado:

“Não foi só na Bahia não, eu moro no Espírito Santo, e meu esposo também teve a mesma doença, ficou quase um mês internado, e nenhum médico descobriu o q era, ele fez todo tipo de exames, e em nenhum constou nada, do mesmo jeito que as dores vieram foram embora graças a Deus,e também não é transmitida pelo ar ou saliva como alguns falam, pois quando meu esposo ficou internado, ele ficou no quarto com várias pessoas todas entraram e saíram sem nada, sem nenhum sintoma, e eu todos os dias me despedia com um beijo e não contrai nada.”

Uma segunda pessoa, moradora de Recife, declarou:

“Estou em Recife e tive esses sintomas. Meus pais também tiveram”.

publicidade


error: Conteúdo protegido !!