Há 1 ano, Sérgio Moro alertava: “Dilma e Temer usaram esquema criminoso para abastecer campanhas”

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela operação Lava-Jato, acusou formalmente a chapa de Dilma e Temer de ter feito uso de propina em troca de contratos da Petrobras

Na época, o juiz afirmou que a Operação Lava Jato comprovou que houve lavagem de dinheiro por meio de doações oficiais

Moro encaminhou ao TSE documentos de dez ações penais da Lava Jato subsidiando um dos quatro processos que pedem a cassação da chapa no tribunal.

Trecho do ofício foi publicado na Revista Veja:

“Destaco que na sentença prolatada na ação penal 5012331-04.2015.404.7000 reputou-se comprovado o direcionamento de propinas acertadas no esquema criminoso da Petrobras para doações eleitorais registradas.”

O que vai acontecer agora? A resposta é NADA!

Enquanto o Brasil não se livrar do FORO PRIVILEGIADO, continuaremos dando ‘murro em ponta de faca’

imagem Revista Veja

publicidade
error: Conteúdo protegido !!