Governo Temer cancela entrada de 100 mil refugiados sírios no Brasil

100milsirios

O governo Temer suspendeu as negociações com a União Europeia (UE) para receber as famílias vítimas da guerra civil na Síria

Os acordos buscavam a obtenção de recursos internacionais para o acolhimento de cerca de 100 mil refugiados.

publicidade

De acordo com a BBC Brasil, a suspensão foi ordenada pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes e já comunicada a assessores e diplomatas.

A decisão reflete uma nova postura do governo interino em relação à entrada de estrangeiros no país.

No governo pão e circo de Dilma, a conduta era exatamente o contrário.

O ingresso de sírios no Brasil [na era Dilma] era facilitado e o processo menos burocrático, permitindo a obtenção de um visto humanitário especial.

Em 2015, o governo da petista tinha recebido mais de 8 mil estrangeiros e a maioria deles foram incluídos no Bolsa Família.

 

publicidade