Governo Maduro confisca fábrica da GM, rouba todos os carros e deixa 2700 pessoas sem emprego


O governo do pilantra comunista Nicolás Maduro confiscou hoje (19) a única fábrica da GM na Venezuela

A montadora reagiu e anunciou o o fim de suas operações no país:

“A fábrica da GM foi invadida de súbito pelas autoridades, impedindo o expediente normal. Bens da companhia, como veículos e outros, foram retirados ilegalmente e levados. O prejuízo é irreparável”, comunicou a empresa.

Cerca de 2.700 funcionários trabalham (quer dizer trabalhavam) na fábrica da GM, que é líder de vendas no país há mais de 3 décadas.

A empresa informou que continuará prestando assistência técnica e fornecimento de peças para os clientes, porém as atividades de fabricação se encerram hoje.



 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!